Postagens

Mostrando postagens de Setembro 15, 2015

A ressurreição de Cristo é real

1 Coríntios: 15. 1. Ora, eu vos lembro, irmãos, o evangelho que já vos anunciei; o qual também recebestes, e no qual perseverais, 2. pelo qual também sois salvos, se é que o conservais tal como vo-lo anunciei; se não é que crestes em vão. 3. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; 4. que foi sepultado; que foi ressuscitado ao terceiro dia, segundo as Escrituras; 5. que apareceu a Cefas, e depois aos doze; 6. depois apareceu a mais de quinhentos irmãos duma vez, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormiram; 7. depois apareceu a Tiago, então a todos os apóstolos; 8. e por derradeiro de todos apareceu também a mim, como a um abortivo. 9. Pois eu sou o menor dos apóstolos, que nem sou digno de ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de Deus. 10. Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça…

Perfeita reconciliação com Deus

2 Coríntios: 5. 11. Portanto, conhecendo o temor do Senhor, procuramos persuadir os homens; mas, a Deus já somos manifestos, e espero que também nas vossas consciências sejamos manifestos. 12. Não nos recomendamos outra vez a vós, mas damo-vos ocasião de vos gloriardes por nossa causa, a fim de que tenhais resposta para os que se gloriam na aparência, e não no coração. 13. Porque, se enlouquecemos, é para Deus; se conservamos o juízo, é para vós. 14. Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; 15. e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 16. Por isso daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos desse modo. 17. Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 18. Mas todas as coisas provêm…

O perdão que restaura

Salmos: 32. 1. Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. 2. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui a iniqüidade, e em cujo espírito não há dolo. 3. Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelo meu bramido durante o dia todo. 4. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. 5. Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado. 6. Pelo que todo aquele que é piedoso ore a ti, a tempo de te poder achar; no transbordar de muitas águas, estas a ele não chegarão. 7. Tu és o meu esconderijo; preservas-me da angústia; de alegres cânticos de livramento me cercas. 8. Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; aconselhar-te-ei, tendo-te sob a minha vista. 9. Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio; d…

Oração da manhã

Salmos: 5. 1. Dá ouvidos às minhas palavras, ó Senhor; atende aos meus gemidos. 2. Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois é a ti que oro. 3. Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio. 4. Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniquidade, nem contigo habitará o mal. 5. Os arrogantes não subsistirão diante dos teus olhos; detestas a todos os que praticam a maldade. 6. Destróis aqueles que proferem a mentira; ao sanguinário e ao fraudulento o Senhor abomina. 7. Mas eu, pela grandeza da tua benignidade, entrarei em tua casa; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo. 8. Guia-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplana diante de mim o teu caminho. 9. Porque não há fidelidade na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua. 10. Declara-os culpados, ó Deus; que caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da…