Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2015

Súplica pela paz em Jerusalém

Imagem
Salmos: 122. 1. Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor. 2. Os nossos pés estão parados dentro das tuas portas, ó Jerusalém! 3. Jerusalém, que és edificada como uma cidade compacta, 4. aonde sobem as tribos, as tribos do Senhor, como testemunho para Israel, a fim de darem graças ao nome do Senhor. 5. Pois ali estão postos os tronos de julgamento, os tronos da casa de Davi. 6. Orai pela paz de Jerusalém; prosperem aqueles que te amam. 7. Haja paz dentro de teus muros, e prosperidade dentro dos teus palácios. 8. Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: Haja paz dentro de ti. 9. Por causa da casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem. - Bíblia JFA Offline

A cidade de Deus o louva

Imagem
Salmos: 48. 1. Grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, na cidade do nosso Deus, no seu monte santo. 2. De bela e alta situação, alegria de toda terra é o monte Sião aos lados do norte, a cidade do grande Rei. 3. Nos palácios de Deus se fez conhecer como alto refúgio. 4. Pois eis que os reis conspiraram; juntos vieram chegando. 5. Viram-na, e então ficaram maravilhados; ficaram assombrados e se apressaram em fugir. 6. Aí se apoderou deles o tremor, sentiram dores como as de uma parturiente. 7. Com um vento oriental quebraste as naus de Társis. 8. Como temos ouvido, assim vimos na cidade do Senhor dos exércitos, na cidade do nosso Deus; Deus a estabelece para sempre. 9. Temos meditado, ó Deus, na tua benignidade no meio do teu templo. 10. Como é o teu nome, ó Deus, assim é o teu louvor até os confins da terra; de retidão está cheia a tua destra. 11. Alegre-se o monte Sião, regozijem-se as filhas de Judá, por causa dos teus juízos. 12. Dai voltas a Sião, ide ao redor dela; contai a…

A marca do cristão o amor

1 João: 3. 11. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio, que nos amemos uns aos outros, 12. não sendo como Caim, que era do Maligno, e matou a seu irmão. E por que o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas. 13. Meus irmãos, não vos admireis se o mundo vos odeia. 14. Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte. 15. Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele. 16. Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos. 17. Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitando, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus? 18. Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade. 19. Nisto conheceremos que somos da verdade, e diante dele tranqüilizaremos o nosso coração; 20. porque se o coração nos condena, maior é Deus do que o no…

Deus, o grande Juiz dos povos

Salmos: 75. 1. Damos-te graças, ó Deus, damos-te graças, pois o teu nome está perto; os que invocam o teu nome anunciam as tuas maravilhas. 2. Quando chegar o tempo determinado, julgarei retamente. 3. Dissolve-se a terra e todos os seus moradores, mas eu lhe fortaleci as colunas. 4. Digo eu aos arrogantes: Não sejais arrogantes; e aos ímpios: Não levanteis a fronte; 5. não levanteis ao alto a vossa fronte, nem faleis com arrogância. 6. Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação. 7. Mas Deus é o que julga; a um abate, e a outro exalta. 8. Porque na mão do Senhor há um cálice, cujo vinho espuma, cheio de mistura, do qual ele dá a beber; certamente todos os ímpios da terra sorverão e beberão as suas fezes. 9. Mas, quanto a mim, exultarei para sempre, cantarei louvores ao Deus de Jacó. 10. E quebrantarei todas as forças dos ímpios, mas as forças dos justos serão exaltadas. - Bíblia JFA Offline

O julgamento da grande babilônia

Apocalipse: 17. 1. Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas; 2. com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição. 3. Então ele me levou em espírito a um deserto; e vi uma mulher montada numa besta cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e que tinha sete cabeças e dez chifres. 4. A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição; 5. e na sua fronte estava escrito um nome simbólico: A grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra. 6. E vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus. Quando a vi, maravilhei-me com grande admiração. 7. Ao que o anjo me disse: Por que te ad…