Pular para o conteúdo principal

O testemunho da igreja

2 Tessalonicenses: 1. 3. Caros irmãos, sentimo-nos no dever de continuamente render graças a Deus por vós; aliás, como é justo, porquanto vossa fé tem crescido muito, e o amor de cada um de vós transborda de uns para com os outros. 4. Por essa razão, nos gloriamos em vós perante as igrejas de Deus devido a perseverança e fé demonstrada por vós em todas as perseguições e nas aflições que estais suportando. 5. Elas são provas evidentes do justo julgamento de Deus, a fim de que sejais considerados dignos do Reino de Deus, pelo qual sofreis. 6. De fato, é justo diante de Deus que ele retribua com aflições os que vos causam tribulações, 7. e quanto a vós, que sois atribulados, vos dê pleno alívio, bem como a nós, assim que o Senhor Jesus se revelar do céu com seus anjos poderosos em meio a chamas flamejantes. 8. Ele punirá os que não conhecem a Deus e os que não são submissos ao Evangelho de nosso Senhor Jesus. 9. Eles sofrerão a pena de destruição eterna, a separação permanente da presença do Senhor e da majestade do seu poder. 10. Esse evento se dará no dia em que Ele vier para ser glorificado nos seus santos e exaltado em todos os que tiverem crido, inclusive em vós que crestes em nosso testemunho. 11. Conscientes desse fato, oramos constantemente por vós, a fim de que o nosso Deus vos torne dignos da vossa convocação e cumpra com poder todo bom desejo e toda ação que resulta da fé. 12. Assim, o nome de nosso Senhor Jesus será glorificado em vós, e vós nele, conforme a graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo. - Bíblia Sagrada

Postagens mais visitadas deste blog

Comentário Santo Agostinho

Sabado, dia 2 de Dezembro de 2017 : Commentary Santo Agostinho «Alegrem-se as árvores dos bosques» (Sl 96,12). Ele veio a primeira vez, e virá de novo para julgar a Terra; e encontrará cheios de alegria os que acreditaram na sua primeira vinda, «porque Ele vem». [...] Por tu seres injusto, o juiz não é justo? Ou por tu seres infiel, a fidelidade não é fiel? Ora, se desejas que Ele seja misericordioso para contigo, sê tu misericordioso antes que Ele venha: perdoa a quem te ofendeu; dá do que tens em abundância. De quem é o que dás, senão dele? Se desses do que era teu, seria liberalidade; mas porque dás do que é dele, é uma restituição. Pois «que tens tu que não tivesses recebido?» (1Cor 4,7) São estes os sacrifícios mais agradáveis a Deus: a misericórdia, a humildade, o louvor, a paz, a caridade. Apresentemos estas ofertas e esperemos com segurança a vinda do juiz, que «julgará o mundo com justiça e os povos com fidelidade» (Sl 96,13). Biblia Ave Maria https://play.google.com/st…

O socorro vem do Senhor

Palavras eternas

Provérbios 14.26

Bíblia King James Atualizada Aquele que teme ao SENHOR é abençoado com todo amparo e segurança, força e refúgio também para seus filhos.