SÁBADO DO DEUS VIVO

1ª Leitura - Rm 11,1-2a.11-12.25-29 Se a rejeição de Israel foi reconciliação para o mundo, o que não será a sua admissão, senão passagem da morte para a vida? Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 11,1-2a.11-12.25-29 Irmãos: 1Eu pergunto: Será que Deus rejeitou o seu povo? - De modo algum. Pois também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim... 2aDeus não rejeitou o seu povo, que ele desde sempre considerou. 11Eu pergunto: Acaso eles tropeçaram para cair? - Não, de modo algum. De fato, o passo em falso que eles deram serviu para a salvação dos pagãos, e a salvação dos pagãos, por sua vez, deve servir para despertar ciúme neles. 12Ora, se o passo em falso deles foi riqueza para o mundo e o pequeno número de crentes dentre eles foi riqueza para os pagãos, que riqueza não será a adesão de todos eles ao Evangelho! 25Irmãos, para não serdes presunçosos por causa da vossa sabedoria, é importante que conheçais o mistério, a saber: o endurecimento de uma parte de Israel é para durar até que a totalidade dos pagãos tenha entrado na salvação. 26E então todo o Israel será salvo, como está escrito: 'De Sião virá o libertador; ele tirará as impiedades do meio de Jacó. 27Essa será a realização da minha aliança com eles, quando eu tirar os seus pecados'. 28De fato, com relação ao Evangelho, eles são inimigos, para benefício vosso, mas com relação à escolha divina, eles são amados, por causa dos patriarcas. 29Pois os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis. Palavra do Senhor. via Liturgia Diária Católica - https://play.google.com/store/apps/details?id=com.alexandreoliveira.liturgiadiariacatolica

Postagens mais visitadas deste blog

Misericórdia

Louvor à sabedoria do Senhor

Carta de São Judas a respeito da salvação