Pular para o conteúdo principal

Deus abençoe você

14 NOV 2015 A graça de Deus vem para aqueles que perseveram, que insistem e oram sem cessar, que não saem da Sua presença, aconteça o que acontecer“E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele?” (Lucas 18, 7).A viúva do Evangelho de hoje é o exemplo do homem e da mulher orantes e perseverantes na oração. Sabemos que a oração exige alguns elementos para que possa atingir a eficácia. Não basta orarmos por orar se a oração não é movida pela fé, pela insistência, perseverança e confiança que estamos dirigindo ao nosso Pai. E Ele há de nos escutar!Muitas pessoas desistem, não perseveram na oração. Muitos de nós até começamos bem a vida de oração, mas depois desistimos por causa dos entraves da vida.A viúva do Evangelho de hoje é o exemplo daquilo que Jesus está nos dizendo, que é preciso rezar sempre e nunca desistir. Sabe, essa mulher foi insistente; no "bom português", ela foi muito “chata” com aquele juiz que queria se ver livre dela. Para que ela não o incomodasse mais, ele fez justiça a ela.Deus não fará injustiça aos Seus eleitos, Seus escolhidos e servos que, dia e noite, estão Lhe suplicando. Desse modo, não desista da oração, não desista da súplica e dos pedidos, não desista de estar aos pés de Jesus. Desistir é um fracasso, é uma derrota, mas quem quiser ser vitorioso na vida, terá de ora sem cessar, até o último instante.Perseverança é uma graça a ser alcançada, almejada. É preciso que haja insistência da nossa parte; não podemos deixar de correr atrás daquilo que acreditamos, porque as coisas, às vezes, não vêm com a pressa, no tempo em que queremos.Vivemos na sociedade do "imediatismo", as coisas tem de acontecer rápido, correndo. As coisas de Deus acontecem no tempo de Deus, a graça d'Ele vem no tempo oportuno para aqueles que perseveram, que insistem e oram sem cessar, que não saem da Sua presença aconteça o que acontecer!Que a viúva do Evangelho de hoje seja para nós um estímulo; que ela seja, na verdade, uma motivação maior para não desistirmos jamais da oração! - Canção nova 

Postagens mais visitadas deste blog

Comentário Santo Agostinho

Sabado, dia 2 de Dezembro de 2017 : Commentary Santo Agostinho «Alegrem-se as árvores dos bosques» (Sl 96,12). Ele veio a primeira vez, e virá de novo para julgar a Terra; e encontrará cheios de alegria os que acreditaram na sua primeira vinda, «porque Ele vem». [...] Por tu seres injusto, o juiz não é justo? Ou por tu seres infiel, a fidelidade não é fiel? Ora, se desejas que Ele seja misericordioso para contigo, sê tu misericordioso antes que Ele venha: perdoa a quem te ofendeu; dá do que tens em abundância. De quem é o que dás, senão dele? Se desses do que era teu, seria liberalidade; mas porque dás do que é dele, é uma restituição. Pois «que tens tu que não tivesses recebido?» (1Cor 4,7) São estes os sacrifícios mais agradáveis a Deus: a misericórdia, a humildade, o louvor, a paz, a caridade. Apresentemos estas ofertas e esperemos com segurança a vinda do juiz, que «julgará o mundo com justiça e os povos com fidelidade» (Sl 96,13). Biblia Ave Maria https://play.google.com/st…

O socorro vem do Senhor

Palavras eternas

Provérbios 14.26

Bíblia King James Atualizada Aquele que teme ao SENHOR é abençoado com todo amparo e segurança, força e refúgio também para seus filhos.