Pular para o conteúdo principal

O sacrifício de Cristo é definitivo

Hebreus: 10. 1. Assim, considerando que a Lei oferece somente um vislumbre dos plenos benefícios que hão de vir, e não exatamente a sua realidade, jamais poderá, mediante os mesmos sacrifícios repetidos ano após ano, aperfeiçoar os que se achegam para adorar. 2. Se não fosse assim, não teriam cessado de ser oferecidos? Porquanto, se os adoradores tivessem sido purificados de uma vez por todas, não mais se sentiriam culpados de seus pecados. 3. Contudo, essas cerimônias de sacrifícios promovem, todos os anos, uma recordação dos pecados, 4. porque é impossível que o sangue de touros e bodes remova pecados. 5. Por isso, quando Cristo veio ao mundo, proclamou: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; 6. de holocausto e ofertas pelo pecado não te agradaste. 7. Então, Eu disse: Aqui estou, no Livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus”. 8. Havendo declarado em primeiro lugar: “Sacrifícios, ofertas, holocaustos e ofertas pelo pecado não quiseste, tampouco deles te agradaste”, os quais foram realizados conforme a Lei. 9. Então, completou: “Aqui estou; vim para fazer a tua vontade”. E assim, Ele cancela o primeiro padrão, para estabelecer o segundo. 10. E por essa determinação, fomos santificados por meio da oferta do corpo de Jesus Cristo, feita de uma vez por todas. 11. Ora, todo sacerdote se apresenta, dia após dia, para exercer seus deveres religiosos, que nunca podem remover os pecados. 12. Jesus, no entanto, havendo oferecido para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à direita de Deus, 13. aguardando, daí em diante, até que seus inimigos sejam submetidos por estrado de seus pés. 14. Porquanto, com uma única oferta, aperfeiçoou por toda a eternidade todos quantos estão sendo santificados. 15. E disso, igualmente, nos dá testemunho o Espírito Santo, porquanto, após ter declarado: 16. “Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor. Colocarei as minhas leis no âmago do seu coração e as inscreverei profundamente em sua mente”, 17. conclui: “Dos seus pecados e iniquidades nunca mais me permitirei recordar”. 18. Afinal, onde todas as transgressões foram perdoadas, não existe mais qualquer necessidade de oferta de sacrifício pelo pecado. - Bíblia KJA Offline

Postagens mais visitadas deste blog

Comentário Santo Agostinho

Sabado, dia 2 de Dezembro de 2017 : Commentary Santo Agostinho «Alegrem-se as árvores dos bosques» (Sl 96,12). Ele veio a primeira vez, e virá de novo para julgar a Terra; e encontrará cheios de alegria os que acreditaram na sua primeira vinda, «porque Ele vem». [...] Por tu seres injusto, o juiz não é justo? Ou por tu seres infiel, a fidelidade não é fiel? Ora, se desejas que Ele seja misericordioso para contigo, sê tu misericordioso antes que Ele venha: perdoa a quem te ofendeu; dá do que tens em abundância. De quem é o que dás, senão dele? Se desses do que era teu, seria liberalidade; mas porque dás do que é dele, é uma restituição. Pois «que tens tu que não tivesses recebido?» (1Cor 4,7) São estes os sacrifícios mais agradáveis a Deus: a misericórdia, a humildade, o louvor, a paz, a caridade. Apresentemos estas ofertas e esperemos com segurança a vinda do juiz, que «julgará o mundo com justiça e os povos com fidelidade» (Sl 96,13). Biblia Ave Maria https://play.google.com/st…

O socorro vem do Senhor

Palavras eternas

Provérbios 14.26

Bíblia King James Atualizada Aquele que teme ao SENHOR é abençoado com todo amparo e segurança, força e refúgio também para seus filhos.