3. O homem pobre que oprime os pobres, é como chuva impetuosa, que não deixa trigo nenhum. (Provérbios, 28)

Postagens mais visitadas deste blog

Comentário Santo Agostinho